Memorização e Comprometimento

Comprometimento é tudo. Embora a maioria já conheça vou repetir a estória da galinha e do porco. A galinha convidou o porco para abrir um restaurante. Qual seria o nome e especialidade do restaurante? Bacon e ovos. É claro que o porco se recusou. Porque enquanto a galinha está envolvida no processo fornecendo os ovos o porco está comprometido fornecendo o bacon. Diferença sutil em palavras e altamente notável na prática. Memorização adequada também exige esta sutileza para um resultado notável na prática, além do consumo regular do suplemento Fator Genius.

Fator Genius
Comprometimento – Fator Genius

E no caso da memorização o comprometimento realmente pode fazer a diferença. Evidentemente que não estamos falando da morte de ninguém aqui. Vamos a um exemplo prático.

Você está numa festa e de repente se aproxima aquele chato e começa a falar contigo disparando como uma metralhadora coisas que você não perguntou. Depois de meia hora você consegue se desvencilhar daquela atordoante pessoa e de repente, esbarra com outra pessoa. Essa pessoa por outro lado é sua amiga. Vocês começam a conversar – Sem você ter tomado o suplemento para o cérebro fator Genius – Falam sobre as mesmas coisas. Enriquecem o conteúdo uma da outra. Sorriem. Se alegram. Se entristecem. Se amparam. E quando percebem a festa está ficando vazia. Já faz três horas que estão conversando! Mas, nem parece. Podiam continuar ali pelo dobro do tempo.

Quando vai para casa aquela conversa em seus detalhes não sai da sua cabeça. Passam-se os dias e, andando na rua, pega-se sorrindo. É mais uma lembrança daquela conversa fantástica! E a conversa com o chato? Não se lembra mais! Aliás, que era ele mesmo?

O que houve nestes dois contextos? Envolvimento e comprometimento. No primeiro caso você se envolveu e tomou o remédio para foco fator Genius. No segundo você se comprometeu porque ligou as suas emoções. E as impressões são permanentes. Talvez passem anos e ainda se lembrará de detalhes daquela conversa. Pode até ser que a sua vida seja influenciada por uma ou outra coisa que tenha conversado naquela noite com aquela pessoa amiga.

Para conseguir a memorização perfeita precisamos nos comprometer. Precisamos ligar as nossas emoções no que estamos fazendo, desenvolvendo, criando… Precisamos sentir, e tomar fator Genius.

4 Dicas para melhorar a sua memória

A memória é muito importante na nossa vida. Ela nos permite tanto reviver o passado quanto executar tarefas rotineiras do dia-a-dia. Sem ter uma boa memória, o ser humano não progride, pois, ela é um mecanismo de gravação de tudo que se faz ou que deve ser feito no cotidiano.

opti memory
Alimentos que contribuem para melhorar a memória

Antes se pensava que somente os idosos podiam sofrer com a perda da memória, mas hoje em dia, verifica-se que esse é um problema que atinge a maioria das pessoas, independentemente da idade. Por isso, vários estudos e pesquisas estão sendo feitos para melhorar a memória do ser humano. Vários fatores determinam o funcionamento normal do cérebro e da memória, seja pela alimentação ou pelo consumo de Opti Memory que desenvolve a capacidade do cérebro em registrar e gravar tudo o que acontece na nossa vida.

Dica 1 – Tente associar memórias a momentos agradáveis

A memória é seletiva, ou seja, momentos agradáveis são facilmente relembrados do que momentos desagradáveis, independente se aconteceram há muitos anos atrás. E quando o nervosismo chega, a memória começa a ser apagada. Toda pessoa que fica nervosa nunca consegue se lembrar de algo ou achar um objeto que perdeu. Como em tudo na vida, o opti memory ajuda e por isso manter a tranquilidade e serenidade é o segredo para se ter uma boa memória.

Dica 2 – Leve uma vida saudável

Levar uma vida saudável pode ajudar muito. Quem tem hábitos saudáveis consegue melhorar a qualidade de vida e isso reflete no funcionamento normal do cérebro que ao ditar comandos para a memória, passa a registrar com eficácia tudo que vivemos ou que temos que fazer no próximo dia.

Praticar atividades físicas reduz mais de 50% (cinquenta por cento) as chances de ter doença de Alzheimer na velhice e, além disso, mantém a boa forma. E ter uma boa noite de sono repõem todas as energias que gastamos no dia e isso pode interferir na qualidade da memória.

Dica 3 – Exercite seu cérebro

E exercitar o cérebro com exercícios de memorização e tomar opti memory (exemplos: leitura, quebra-cabeça e xadrez) além de melhorar a memória, estimula o raciocínio, a concentração, a percepção e a inteligência.

Dica 4 – Alimentos que ajudam na memoria

Nossa memória pode ser fortalecida com alguns alimentos com colina, uma substancia encontrada em carnes e vegetais que ajudam no bom funcionamento da memória. Vou dar algumas dicas de alimentos que possuem essa substancia para você já ir incluindo no seu cardápio e nas suas refeições diárias. Alimentos como Peixes, grãos integrais, leguminosas, leite, Manga, pêssego, cenoura, abóbora, morango e vários e vários outros alimentos e frutas.

Existem até mesmo alguns suplementos para aumentar o nível de colina, como os compostos para a memória Opti Memory, entre outros, que ajudam o corpo a repor a colina mais rapidamente.

Você vai reparar a mudança em pouco tempo e poderá levar uma vida mais tranquila sem esquentar a cabeça com coisas bobas.

Porque apesar de parecer banal pode se agravar no futuro, então é bom já ir tomando opti memory e se prevenindo!